Veja nossas redes sociais

RECOMENDADOS

Mr. Robot – Hackerman melhorado

Conte aos amigos!

Parece que o hype do Mr. Robot passou e agora não vejo muitas postagens da série no Facebook, mas ela está mais viva do que nunca. Hoje vamos entrar na cabeça de Elliot e descobrir como virar um H@ckerM3n e porque essa mistura de “Clube da luta” com cyber crime e revolução popular se tornou algo tão bom.

Primeiramente gostaria de recomendar ver legendado, apesar de ser grande fã da dublagem brasileira, a dublagem feita nessa série perde todo o tom de profundidade do personagem principal. Com a dublagem o personagem acaba se transformando em um personagem com menos peso por conta da dicção e profundida da voz inferior comparado com a original.

 

Sinópse

Pra começar, vamos falar da história da série. Tudo começa com Elliot Alderson um anti-social maluco e nós, sim, “nós” fazemos parte da série mas não falamos ou interagimos, apenas observamos tudo com a perspectivava da mente de Elliot que nos trata como o amigo imaginário silencioso. Elliot Alderson trabalha como engenheiro de software na All Safe, uma empresa de segurança digital, empresa da qual protege grandes companhias que o Elliot realmente odeia. O nosso cyber justiceiro Elliot tem sua dupla identidade e apesar de ter “sociofobia” (medo de interagir com outras pessoas). Elliot é convocado a ser membro da equipe de hackers F-Society pelo Mr. Robot e uma de suas missões é derrubar o maior conglomerado do mundo, a empresa que ele é pago para proteger na All Safe.

 

 Como pude observar Elliot sofre de vários problemas psicológicos, como dito antes a sociofobia e outros transtornos, mas em contrapartida ele é um hacker brilhante. Os hack´s feitos pela série são extremamente bons e perfeccionistas com a realidade e realmente, até eu que sou programador pude identificar os métodos usados por profissionais na área de Pentest (Teste de penetração em sistemas) dentro da série encaixados em uma trama que te prende desde os primeiros minutos do primeiro episódio até o último episódio da ultima temporada.

Falando sobre o ator principal, não poderia haver ator melhor que Rami Malek para interpretar  o Elliot, realmente a escolha perfeita.

A série é consideravelmente muito superior aos filmes e séries antigas que abordavam hackers como pessoas que digitam rápido no teclado. Em Mr. Robot pode-se notar todos os passos de observar e analisar cada detalhe que a própria pessoa pode dar sobre sí que ajuda a entrar em suas contas e serviços e tomar sua vida online, conhecido como hacking social acontece o tempo todo no mundo e é o mais popular e eficaz.

Existem muitos mistérios que cercam os episódios que são em um ritmo crescente revelados e criando plot twist (reviravoltas inesperadas) várias vezes. Por conta do telespectador estar observando o mundo pela perspectiva da mente do Elliot muitas coisas parecem esquisitas e episódios seguintes esclarecem e muitos detalhes em cenas são importantes observar. Isso que me cativou nessa série, não explica detalhe por detalhe do que acontece mas dá pra entender bem se prestar um pouco de atenção, mas se realmente se focar acha muitas pontas que levam para traços do que pode estar acontecendo.

Se você não é da área de tecnologia, ainda sim pode gostar pela trama mas se você conhecer o mínimo da área de tecnologia vai apreciar cada detalhe bem trabalhado pela equipe de roteiristas, que apresentam vários detalhes de como realmente aconteceria e esse tom de realidade nos faz se aproximar e nos questionar -“Isso pode acontecer qualquer dia? Será que está acontecendo agora?”

A revolução contra os grandes conglomerados que controlam as pessoas pelo consumo, definindo o que elas compram, vendem, são ou pensam pois os mesmos conglomerados mandam em praticamente todo serviço e produz quase tudo, criando um sistema perfeito de equilíbrio do consumidor na base e os administradores dos conglomerados no topo, e toda essa ideologia é bem apresentada na série e toma mais força na segunda temporada.

Elliot tem uma amiga de infância a Angela Moss que trabalha com ele e é a única amiga que ele tem e ela é personagem mais normal(pelo menos no início) da série que apesar de ser coadjuvante também desempenha um grande papel no roteiro, assim como a maioria dos personagens secundários que tem os seus desenvolvimentos bem feitos.

 

 

 

 

 

O enquadramento de Mr. Robot é muito diferenciado ao mesmo tempo que é bom, assim como as cores aplicadas nos dão o tom da história obscura e descentralizada, ao contrário do enquadramento comumente visto, os personagens de Mr. Robot aparecem nos cantos das imagens nas cenas e diálogos, criando assim uma sensação de solidão e isolamento, os personagens parecem sempre deslocados e conversando sozinhos.
O diretor de fotografia da série Tod Cambell quebrou conceitos básicos de enquadramento como a “Regra dos Terços”, “Load Room” e “HeadRoom”.

Um fã da série fez uma análise da fotografia no vídeo abaixo no qual descreveu tudo o que qualquer fã de audiovisual e da série percebeu. Está em inglês por enquanto, estamos trabalhando nas legendas que devem sair em uma semana a partir da data de publicação deste post.

 

Críticas gerais

Mr. Robot tem recebido críticas positivas. No Rotten Tomatoes, tem uma classificação de 97% com uma pontuação média de 8.1 dos 10 com base em 34 avaliações. O site de consenso diz que “Mr. Robot é um cyber thriller de suspense com histórias oportunas e intrigantes, provocativas e premissas.” No Metacritic, que marcou 79 de 100, baseado em 23 opiniões. Merrill Barr da Forbes deu uma avaliação muito positiva e escreveu: “Mr. Robot tem uma das melhores kick-offspara qualquer série há algum tempo” e que “Mr. Robot poderia ser a série que finalmente, depois de anos de ignorância, coloca entre merecedora entre os gostos da HBO, AMC e FX em termos de elogios.”

 

 Personagens

  • Elliot Alderson, o personagem principal que é um engenheiro de software na Allsafe Cybersecurity e um hacker vigilante. Ele tem transtorno de ansiedade social e depressão crônica que faz com que ele viva isolado das outras pessoas.
  • Darlene Alderson, uma das hackers da fsociety.
  • Angela Moss, amiga de infância de Elliot e sua colega de trabalho na Allsafe.
  • Tyrell Wellick, Vice-Presidente Sênior de Tecnologia da E Corp.
  • Mr. Robot, um anarquista que recruta Elliot em um grupo de hackers chamado fsociety.
  • Phillip Price, o CEO da E Corp. (Recorrente 1ª temporada, Regular 2ª temporada)
  • Joanna Wellick, a esposa de Tyrell Wellick. (Recorrente 1ª temporada, Regular 2ª temporada)
  • Dominique “Dom” DiPierro, uma agente do FBI investigando o ataque hacker à E Corp.

Recorrente

  • Michel Gill como Gideon Goddard, CEO da Allsafe Cybersecurity.
  • Gloria Reuben como Krista Gordon, a psiquiatra de Elliot.
  • Ron Jones Cephas como Romero, membro do fsociety.
  • Azhar Khan como Mobley, membro da fsociety.
  • Sunita Mani como Trenton, membro do fsociety.
  • Michael Drayer como Cisco, um hacker que é a ligação dos EUA para o grupo de hackers chineses, o “Exército Sombrio / The Dark Army”.
  • Whiterose/Zhang, mulher transexual e chefe do Dark Army, assim como o ministra da Segurança do Estado da China.
  • Ollie Parker, o ex-namorado de Angela e funcionário da Allsafe.
  • Antara Nayar, a advogada de Angela.
  • Scott Knowles, o CTO da E Corp sucessor à prisão de Colby.
  • Donald “Mr. Sutherland” Hoffman, o motoristra e guarda-costas de Tyrell e Joanna Wellick.

 

 

 

 

 

Mr Robot

9.1

91

9.1/10

Pros

  • Personagem profundo e bem contruído
  • Fotografia sensacional
  • Roteiro bem encaixado
  • Realismo nas ações de hacking
  • Personagens secundários bem desenvolvidos

Cons

  • Tom ácido e sarcástico pode não agradar aos conservadores e religiosos ortodoxos

Escrevo algumas coisas na correria aqui, somente por hobby. Programador, designer digital e cofundador deste website.

Advertisement
Clique aqui para comentar

Deixe um comentário

avatar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Subscribe  
Notify of

NETFLIX

O MÉTODO KOMINSKY (Série Netflix 2018) Crítica da primeira temporada – Café Nerd

Conte aos amigos!
Mais um lançamento original Netflix chega no Streaming, e agora é a vez de O Método Kominsky. Série de comédia criada por Chuck Lorre, grande produtor da indústria de séries televisivas como Two ans a Half Man, Mike & Molly, The Big Bang Theory antre outros. E conta com a dupla de protagonistas vencedora de Oscar inclusive Michael Douglas vivendo o Sandy Kominsky e o Alan Arkin vivendo seu amigo Norman. E eu assisti a primeira temporada toda e te falo agora o que eu achei dela.

Rede Sociais do Café Nerd

O conteúdo do vídeo e da descrição acima foi inteiramente feito pelo canal Café Nerd, a SDN apenas está compartilhando com seus leitores o conteúdo deste criador por achar relevante e de ótima qualidade seu trabalho com permissão do próprio. Ajude o Café Nerd seguindo nas redes sociais e inscrevendo-se no canal dele.

Mr Robot

9.1

91

9.1/10

Pros

  • Personagem profundo e bem contruído
  • Fotografia sensacional
  • Roteiro bem encaixado
  • Realismo nas ações de hacking
  • Personagens secundários bem desenvolvidos

Cons

  • Tom ácido e sarcástico pode não agradar aos conservadores e religiosos ortodoxos
Continue lendo

ANIME

Hajime no Ippo – Anime de luta das antigas – Review

Conte aos amigos!

Com grandes lutas, técnicas, enredo divertido e envolvente, Hajime no Ippo se tornou um grande clássico dos animes shounen.

Você sabia? : Shonen ou Shounen em Kanji (少年漫画) significa “quadrinho para pessoas jovens”. O mangá shonen foi considerado a forma mais popular de mangá e, embora direcionado a meninos, muitas meninas também se interessam por esse segmento. O seu equivalente feminino é chamado shojo.

O enredo gira em torno de Ippo, um jovem solitário que sofria muito com valentões. Um dia após ter sua surra interrompida por um misterioso homem, que o salvou de forma impressionante, Ippo fica intrigado com tal façanha e questiona o homem a respeito, o tal homem é um grande boxeador e acaba inspirando-o a praticar o boxe, porém sem ver potencial algum em Ippo, ele lhe lança um desafio que para alguém sem prática algum e sem noções básicas de boxe não conseguiria fazer. Logicamente pelo poder do protagonismo ele consegue cumprir o desafio e começa a treinar na mesma academia do homem que o ajudou, que se chama Takamura.

Ippo sempre foi um jovem muito bom, deixava varias vezes de sair com colegas para ajudar sua mãe na loja de aluguel de barcos para pescaria da família, seu pai sumiu desde muito novo, sendo assim a única pessoa que restava era sua mãe, que fazia de tudo por ele, principalmente para que ele realize seu atual novo sonho de se tornar um boxeador.

Resultado de imagem para hajime no ippo

Logo no inicio de seu treinamento todos percebem o potencial de Ippo, devido a força de se seu punho, logo o nosso protagonista evolui e se mostra como um jovem de futuro brilhante.

Ao longo do anime temos varias reviravoltas e ele é bem alto explicativo, todas a gírias e termos técnicos do boxe são rapidamente traduzidas na hora legendado, sendo assim não há necessidade alguma em entender de boxe, muito pelo contrário, o anime te ensina muito a respeito.

Animação é típica da época que foi criado e o som são normais, nada de fantástico, porém a historia mesmo que varias vezes clichê, é muito divertida e envolvente, com pitadas de humor, romance, drama e muita pancadaria. É um ótimo anime para se passar um tempo  e para se inspirar a praticar um esporte.

O anime foi produzido pelo estúdio Madhouse sob a direção de Satoshi Nishimura. Começou a ser exibido pelo canal Nippon TV Network em 10 de outubro de 2000 até 27 de março de 2002, com um total de 76 episódios, chegando somente até o enredo tratado no volume 30 do mangá. A série também possui um OVA intitulado de Hajime no Ippo – Mashiba vs. Kimura (はじめの一歩 : 間柴vs木村) e um filme chamado Hajime no Ippo – Champion Road (はじめの一歩 : チャンピオンロード). Em 2009 recebeu sua continuação chamada: Hajime no Ippo: New Challenger (はじめの一歩 NEW CHALLENGER) que teve somente 26 episódios. Em 2013 recebeu uma 3º temporada, intitulada Hajime no Ippo: Rising (はじめの一歩 Rising) com 25 episódios.

 

 Análise Geral:

É um ótimo anime para acompanhar se você curte pelo menos um pouquinho de boxe e luta  em geral pelas informações que aparecem durante as cenas e as estratégias que também são genuínas e podem usadas no mundo real. É clichê mas ponderado, ou seja, dá pra adivinhar o que vai acontecer mas nem sempre como vai acontecer. As lutas emocionantes são realmente muito boas e acredito que é um ótimo anime da antiga geração que vale a pena ser visto.

 

Mr Robot

9.1

91

9.1/10

Pros

  • Personagem profundo e bem contruído
  • Fotografia sensacional
  • Roteiro bem encaixado
  • Realismo nas ações de hacking
  • Personagens secundários bem desenvolvidos

Cons

  • Tom ácido e sarcástico pode não agradar aos conservadores e religiosos ortodoxos
Continue lendo

FILMES

5 Filmes românticos que valem a pena ver de novo!

Conte aos amigos!

Esta é a semana mais romântica do ano, e apesar de nós estarmos um pouco atrasados para o dia dos namorados, ainda vamos recomendar alguns filmes para assistir com sua pessoa especial, pois nada melhor do que um filme, varias cobertas e a companhia de quem a gente ama. Pensando assim reunimos 5 ótimas dicas de filmes para assistir. ( Pode ser sozinho também não tem problema ).

Perfeita Para Você

Uma obra original da Netflix, um filme focando drama e no romance entre seus personagens, utilizando uma temática bem abordada porém com uma visão um pouco diferente que torna o roteiro mais atraente que os demais.

A história gira em torno de um jovem casal, Abbe e Sam. Abbe é bem controladora e Sam completamente desorganizado, assim juntos um completa o outro. A vida dos dois é de certa forma muita boa, porém tudo isso muda quando Abbe é diagnosticada com câncer em fase terminal. Além da grande luta pela sobrevivência, Abbe acaba desacreditando de sua melhora e decide programar toda a vida de seu namorado em um futuro sem ela.

O filme é ótimo e tem uma carga emocional absurda, as cenas tem sequências apropriadas e do começo até o fim é emocionante, fazendo assim sua noite melosa e romântica.

 

Como Não Esquecer Essa Garota

Lembra de “Como se Fosse a Primeira Vez”, então este filme é basicamente isso mas no ponto de vista do personagem principal. Gus sofre de perda de memória recente, sendo assim tudo o que acontece durante o dia é simplesmente apagado quando ele dorme, o filme mostra bem como ele consegue seguir sua vida com este fato, todo o esquema feito por sua irmã para que ele pelo menos possa ter uma vida de certa forma normal. Toda sua rotina muda quando ele conhece Molly, uma garçonete que foi gentil com ele. Gus se apaixona e cria maneiras de como tentar não esquecer Molly e como tentar ter algo com ela mesmo sofrendo da perda de memória recente.

O Diferencial do filme é exatamente isso, não em como ter uma primeira vez todo dia, mas em como construir um relacionamento com alguém sem lembrar dela.

 

Como Se Fosse a Primeira Vez

Provavelmente você já viu a comédia romântica de Adam Sandler e Drew Berrymore, porém vale mais do que a pena assistir novamente, mas caso não tenha assistido de novo ai vão algumas informações sobre o filme.

A história foca no personagem de Adam, um veterinário em um aquário no Havaí. Conhecido pelo numero de turistas que já conquistou, seu novo alvo é Lucy, uma estranha que le conheceu em uma lanchonete. Lucy não é como as turistas que ele já avia conquistado, além de ser nativa do Havaí Lucy também sofria da perda de memória recente,sendo assim todos os dias ele tem que tentar fazer ela se apaixonar por ele novamente.

O filme mostra o quanto esse problema é delicado e que sim tem como ter uma vida “normal” com ele, também mostra como o amor pode vencer essas barreiras que muitas vezes é imposta pela vida.

 

Três Vezes Amor

Ryan Reynolds interpreta um homem passando por um divorcio, onde sua filha se encontra no meio e intrigada com tudo isso resolve perguntar como ele conheceu sua mãe e porque se apaixonaram. Obviamente para termos um filme ele resolve contar de uma forma diferente, ele muda o nome dos envolvidos na história e conta e no final ela deveria descobrir quem era a mãe dela.
Nesse história há 3 mulheres e ele se envolve emocionalmente com as 3, o filme não te leva a descobrir quem é a mãe da menina, mas ele te mostra quem Ryan realmente ama no filme.
Com uma mensagem final de certa forma bonita, enredo padrão mas extremamente envolvente, o filme entrega tudo aquilo que promete e torna sua noite um pouco mais romântica.

E Se Fosse Verdade

O arquiteto David Abbott ( Mark Ruffalo ) se muda para um novo apartamento após perder sua esposa, o que ele não esperava é que neste apartamento vivia um espírito de uma mulher, sem saber que ela era, nem o que aconteceu com ela. David decide ajudá-la tentando descobrir que ela foi e o que aconteceu enquanto ela estava viva. As únicas informações que o espírito tinha era de que morava ali e mais alguns lapsos de memória, com o desenrolar da história David acaba se apaixonando pelo espírito.  Tendo uma história emocionante com uma reviravolta inimaginável, o filme se torna muito bom e muito romântico sendo assim uma boa opção para assistir.

 

Se você tem  mais dicas de filmes românticos para assistir com alguém especial ou para sofrer sozinho, deixe nos comentários.

 

 

 

 

 

 

 

 

Mr Robot

9.1

91

9.1/10

Pros

  • Personagem profundo e bem contruído
  • Fotografia sensacional
  • Roteiro bem encaixado
  • Realismo nas ações de hacking
  • Personagens secundários bem desenvolvidos

Cons

  • Tom ácido e sarcástico pode não agradar aos conservadores e religiosos ortodoxos
Continue lendo

Relevantes

Todos os Direitos Reservados © 2018 Sociedade Dos Nerds
Todas as imagens de filmes, séries e etc são marcas registradas dos seus respectivos proprietários.

%d blogueiros gostam disto: